Vem aí o Mascote do Estado do Tapajós.




O ICPET - Instituto Cidadão Pró Estado do Tapajós - trabalha para solidificar ainda mais o sentimento e luta de emancipação regional. Dentre as diversas ações que o instituto vem realizando, algumas são relacionadas a questão física do Estado, o Mascote é uma dessas inciativas. 

Além de trazer para a luta as crianças, será um objeto que também fortalecerá nosso sentimento centenário de independência. Além disso, deve trazer recursos para o movimento, seguindo a recomendação de profissionais de marketing que insistem quanto à importância de ter um mascote para o fortalecimento da nossa grande marca que o Estado do Tapajós.


Sugestão de mascote do Estado do Tapajós, ainda em desenvolvimento.
A utilização de mascote ganhou força no início do século XX, quando o mundo passava por uma transformação industrial. As grandes empresas precisavam de um atrativo, de um apelo, para conquistar o consumidor. 



Os mascotes podem ser representados por animais, pessoas ou figuras folclóricas. Escolher um mascote é um processo cultural, regional e atemporal. Com o passar dos anos, pode sofrer algumas alterações ou modificações. O mascote é uma boa forma de agregar valor à marca e pode ter uma gama de utilidades

No meio empresarial, os mascotes podem render bons lucros se forem utilizadas da forma certa. Assim, deve existir um cuidado maior na arte e criação de uma mascote, deve possuir no DNA um carisma, representar uma luta, ou instituição, ser fruto da história e compor o patrimônio da entidade como símbolo.

“O uso do Mascote trará ainda mais um sentimento de identidade para a emancipação regional, pois teremos algo físico nessa que é uma luta sentimental, e a associação de uma determinada marca a uma pessoa, objeto ou acontecimento, é a melhor propaganda que existe. Pois, uma vez divulgada nos meios de comunicação em massa e aceita pelo povo, a ideia será lembrada sempre que as pessoas vivenciarem algo que tenha algum vínculo em relação à marca”, destacou o presidente do ICPET, Jean Carlos Leitão. 



 Para o coordenador de divulgação do ICPET e criador do mascote Wallace Soares, "O mascote significa poder mostrar que somos grandes e independentes, e assim desenvolver cada vez mais uma identidade de emancipação da nossa região".

O mascote será apresentado a população que também irá escolher o nome por meio de consulta nas plataformas sociais.

Junte-se a nós!Visite nossas páginas:
Fanpage e grupo de Facebook : TapajosMeuEstadoGrupo 
Email: comunicaicpet@gmail.com

Presidente: Jean Carlos Leitão (93) 991516360
Tesoureiro: Adailson Walgham (Dadá). (93) 992257813

Divisão do Estado do Tapajós - PMS - Prefeitura de Santarém.


2 comentários:

  1. Bem bolado essa ideia meu amigo, Jean Carlos apoiado sua ideia do mascote tem que ser algo que represente bem nossa cidade, parabéns a todos.

    ResponderExcluir